fbpx

Collabore

Uma maneira simples e prática de ficar informado sobre o novo CORONAVÍRUS e proteger quem você ama.

Nota: Projeto desenvolvido por Thiago Gil Riboura (UX Designer, Product & Visual Designer) originalmente publicado aqui.

Este projeto foi a conclusão do Bootcamp de UX Design promovido pela How Education. Visando desenvolver um projeto centrado na experiência do usuário real, passando pelas por todas as etapas como: briefing, estratégia, pesquisa, validação, geração de ideias, design de interface e prototipação.

Desafio

Além disso, empoderar as pessoas com melhores informações sobre o novo coronavírus e educar sobre os meios de prevenção, fazer que com o uso dessas informações o usuário possa sair de casa, se precisar, com mais tranquilidade e segurança.

Porque fazer?

Dados iniciais

Pesquisa e Validação

Para isso, foi fundamental realizar uma pesquisa que permitisse coletar dados reais, qualitativos e quantitativos, para assim, traçar o perfil do usuário, interpretar de ponta a ponta como ele se desenvolve nesse processo e entender o que configura-se como sendo uma boa ou uma má experiência para ele.

A pesquisa gerou dados bem relevantes:

Estratégia

Who? Quem

Job Story

Image for post

Image for post

Além disso, construímos com ajuda do Lean Canvas um painel para ter uma prévia do modelo de negócio de forma mais ampla.

Image for post

Priorizando Recursos

Image for post

Com isso definimos como prioridade ter no primeiro momento uma solução que atingisse o objetivo de informar sobre os riscos de contágio baseado na localização do usuário e fornecer dados sobre fluxo de pessoas e melhores horários para ajudar a evitar aglomerações nos estabelecimentos.

UserFlow

Image for post

Prototipando

Com o nosso protótipo definido e com os feedbacks que recebemos dele, partimos para etapa de desenvolver um protótipo de alta fidelidade simulando o ambiente e a jornada que esse usuarios iria concluir.

Criamos um style guide que fosse algo leve,moderno e ao mesmo tempo que tivesse um bom contraste na visualização das informações e dados, de forma também que as cores estivessem de acordo também com pessoas que possuem algum tipo de deficiência visual.

Projeto Final

Image for post
Image for post
Image for post
Image for post

Conclusão

E o mais importante de tudo: sempre colocando o usuário como o centro de todo o processo, pensando soluções que possam tornar a vida dele um pouco mais fácil, e sem deixar de lado é claro, os objetivos de negócio.

Pesquisa, foi sem sombra de dúvida a ferramenta mais poderosa, pois ela que permitiu mergulhar no problema e entender as dores e necessidades reais dos usuários, norteando todo o processo, seja apontado quais os caminhos mais seguros a seguir, ou então, dando suporte para todas as outras fases e ferramentas de design de produto.

Como parte mais importante, ela foi também a mais desafiadora, pois foi necessário pensar as perguntas certas, sem enviesar o usuário, para coletar dados factíveis relevantes e seguir em frente. Interpretar os dados obtidos e traduzi-los em soluções palpáveis também foi desafiador, cada escolha ou decisão de design tem algum impacto, e é necessário selecionar as que entregaram mais valor e trazem mais benefícios para o usuário.

Fiquei muito satisfeito com o resultado, o valor mais importante que esse projeto me trouxe, foram os aprendizados, sair da teoria e mergulhar na prática não tem preço, é muito recompensador.

Obrigado por ter lido até aqui, sinta-se livre para criticar, elogiar, perguntar, comentar, compartilhar ou “bater palmas”.

Muito obrigado How Education e Adriane Quintas e barb por toda essa jornada de entendimento e conhecimento. Acredito que sem vocês nada disso teria sido possível, de obter tanto conhecimento de maneira tão especial e tão dedicada.

Image for post
Photo by Morvanic Lee on Unsplash

OBS: Em janeiro de 2021, teremos a nova edição do nosso Bootcamp UX Design, com a Adri Quintas (Design Coordinator — Olist) e Barbara Borges (Service Designer — Matilha) e você pode se inscrever aqui.

Voltar para blog