fbpx

RH Ágil: origens, conceitos e aplicações

Antes de falar especificamente do tema desse post, vamos voltar às origens do do Modelo Ágil, seu manifesto e valores. Depois, vamos à aplicação no RH Ágil.

Manifesto para o Desenvolvimento Ágil de Software:

Estamos descobrindo maneiras melhores de desenvolver software, fazendo-o nós mesmos e ajudando outros a fazerem o mesmo. Através deste trabalho, passamos a valorizar:
– Indivíduos e interações mais que processos e ferramentas.
– Software em funcionamento mais que documentação abrangente.
– Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos.
– Responder a mudanças mais que seguir um plano.

Ou seja, mesmo havendo valor nos itens à direita, valorizamos mais os itens à esquerda.

Quais são os ensinamentos que podem ser aplicados ao RH:

– Faça as pessoas/das pessoas incríveis.
– Entregue valor continuamente.
– Faça da segurança um pré-requisito.
– Experimente e aprenda rápido.

Missão do RH Ágil

Estamos descobrindo melhores jeitos de desenvolver uma cultura de trabalho engajadora e ajudando outros a fazê-lo também.

Fazendo isso valorizamos:
– Relações de colaboração mais que estruturas hierárquicas.
– Transparência mais que segredos.
– Adaptação mais que normas.
– Inspiração e engajamento mais que gerenciamento e retenção.
– Motivação interna mais que recompensas externas.
– Ambição mais que obrigação.

Onde o modelo Ágil pode ser aplicado no RH (OBS: vale a pena falar novamente sobre alguns desses temas)

Remuneração
Empresas como a Macy’s estão adotando modelos de remuneração que propõem bônus pontuais para recompensar as contribuições no momento em que ocorrem, em vez do modelo de aumento de salário uma vez por ano, por exemplo, partindo do entendimento de que esse modelo de remuneração tem mais eficácia quando é oferecido logo após a concretização de um objetivo ou contribuição. Isso reforça o princípio do feedback instantâneo. Outras empresas oferecem bônus baseados na complexidade dos projetos assumidos pelos funcionários ou quando demonstram desempenho superior.

Recrutamento
A divisão digital da GE criou um modelo de recrutamento que envolve a criação de uma equipe transfuncional que opera em conjunto em todos os requisitos da contratação, com uma pessoa fazendo o papel de gestor e representando os interesses dos stakeholders internos e outra com conhecimento em scrum para supervisionar o processo. O processo inclui a remoção de obstáculos, classificação das vagas de acordo com as prioridades do setor, compartilhamento de informações sobre os candidatos e rastreamento do tempo do ciclo de preenchimento de vagas, identificando gargalos e processos bloqueadores.

T&D
Algumas inovações podem ser notadas em empresas que fornecem módulos de aprendizagem online para que os funcionários possam acessar de acordo com suas necessidades, nas análises de dados para a identificação das habilidades exigidas para determinadas funções, sugerindo aos funcionários o tipo adequado de treinamento, segundo suas experiências e seus interesses. A IBM, por exemplo, utiliza inteligência artificial para aconselhar seus funcionários de acordo com seu perfil, cargo atual, trajetória de carreira e programas de treinamentos já concluídos.

Metodologias adotadas no RH Ágil.

SCRUM
Scrum é um framework para organizar e gerenciar trabalhos complexos, tal como projetos de desenvolvimento de software.
Os valores, princípios e práticas do Scrum, são os principais componentes estruturais. Não se pode ignorar ou mudar um valor, princípio ou prática sem o risco de colapso.
É possível personalizar a estrutura do Scrum, acrescentando artefatos e recursos buscando um processo otimizado.

Kanban
O Kanban é um sistema que visa aumentar a eficiência da produção e otimizar seus sistemas de movimentação, produção, realização de tarefas e conclusão de demandas.
O sistema Kanban está baseado em referências visuais que são atreladas aos produtos, lugares comuns, murais da linha de produção ou até mesmo em computadores que utilizam uma espécie de método Kanban eletrônico para funcionar.
O que você pode fazer, porém, é personalizar o interior da estrutura do Scrum, acrescentando artefatos e recursos até que você tenha um processo que funciona para sua empresa.

Design Sprint
Design Sprint é uma metodologia ágil criada Google Ventures — o braço de investimento do Google.
Inicialmente defini-se o problema que é resolvido em apenas 5 etapas (mapear, esboçar, decidir, prototipar e testar) em poucos dias.
Um facilitador guia a empreitada mantendo foco e comandando as sessões coletivas.

Dicas de quem fez
“The future of work is important because it’s the future of humanity”. Arianna Huffington (The Huffington Post).

Joumana Youssef foi uma das responsáveis por liderar a transição do RH da Intuit para um novo modelo, baseado na Metodologia Ágil. Confira as dicas e impressões da profissional para quem pensa em iniciar esse processo de transição:
– Mantenha o foco nos primeiros a aderir à transformação. Não perca tempo tentando converter pessimistas.
– Forme equipes pequenas, estáveis e autogeridas, conceda-lhes autonomia para realizar seu trabalho e mantenha-as responsáveis por seus compromissos.
– Treine rapidamente líderes em todos os níveis nos métodos agile. Equipes ágeis precisam de total apoio para se autogerir.
– Saiba que será difícil mudar a gestão da linha de frente e dos gestores de nível intermediário, porque as pessoas nessas posições precisam de tempo para se adaptar à “liderança servidora” que trata basicamente de oferecer coaching e apoio aos funcionários em vez de monitorá-los.
– Não desista. Mesmo que a mudança ágil seja mais rápida que a abordagem em cascata, para mudar a mentalidade de sua organização é preciso persistência.

Para aprofundar no tema, faça o Workshop RH Ágil, com Vick Figueira (People Partner, Glovo — Espanha).
Confira o teaser do workshop:

 

Inscrições até o dia 15 de julho: https://on.howedu.com.br/rhagil

Voltar para blog